Print Friendly

Seu PC pode iniciar mais rápido?

PC que vai ficando mais lento com o tempo é mito

 

Quando um PC é ligado…

… uma grande parte da sequência de ações é para carregar programas e serviços que foram configurados para serem abertos junto com o sistema operacional Windows. Assim que estas tarefas de inicialização terminam a carga, o PC está pronto para o uso.

Alguns desses aplicativos e serviços na inicialização do Windows executam funções necessárias e essenciais, mas outros não são exigidos pelo sistema operacional e podem não ser de interesse dos usuários. Isso acontece porque a inicialização do Windows pode incluir:

  • Serviços do Windows que são configurados para iniciar automaticamente com base em uma configuração padrão do sistema operacional, mas não se aplicam ao uso pretendido pelo usuário.
  • Software pré-instalado com comandos de inicialização pré-carregados; alguns desses programas podem não ser desejados ou utilizados pelo usuário.
  • Software instalado que adiciona comandos automaticamente na inicialização. Os usuários podem querer ou não que esses programas sejam carregados automaticamente na inicialização, mas muitas instalações de programa não dão essa opção.
  • Programas gratuitos baixados junto com aplicativos de terceiros que foram configurados para ser adicionados automaticamente na inicialização, sem conhecimento do usuário.
  • Software de rastreamento e programas potencialmente perigosos, que muitas vezes são projetados para ficar ocultos nos locais de inicialização.
 

O problema da inicialização

Muitos usuários se sentem frustrados com tempos de inicialização cada vez mais demorados — quanto mais velhos são seus PCs, mais tempo demoram para inicializar. A iolo Labs fez um estudo para medir se o tempo de inicialização vai aumentando ao longo do tempo e, em caso afirmativo, que fatores contribuem para este impacto.

O estudo foi concebido para medir as mudanças ao longo do tempo, observando computadores variando de um PC novo até um em uso por dois anos (tempo de vida útil médio de um computador).

 

Ambiente de teste

Para testes, as simulações foram desenvolvidas com base na observação de PCs reais usados por usuários reais. Foram obtidos instantâneos de máquinas físicas para desenvolver modelos de computador do status médio de PCs em idades específicas (ou “estado de máquina”), variando de uma máquina nova para uma de vinte e quatro meses de idade. O estudo define cada um dos estados de máquina como se segue:

  • 0 mês — um PC que simula o estado típico de um computador saído de fábrica ou que teve seu sistema operacional recentemente instalado.
  • 3 meses — um PC que simula o estado típico de um computador que foi usado durante três meses.
  • 6 meses — um PC que simula o estado típico de um computador que foi usado durante seis meses.
  • 24 meses — um PC que simula o estado típico de um computador que foi usado durante vinte e quatro meses.

Todas as simulações foram:

  • Criadas e testadas usando programas comerciais de virtualização.
  • Feitas em computadores classificados como “Home Office”. No momento do teste, foi definida uma categoria “Home Office” com as seguintes configurações: sistema operacional Windows XP de 32 bits, CPU de 2 GHz e 1 GB de RAM.
  • Instalado com a versão mais recente de um produto de segurança de internet de terceiros.
  • Verificado, para garantia de estar livre de parasitas, como vírus, adwares, spywares e outros softwares mal-intencionados.
 

Fatores observados

Os pesquisadores observaram e mediram o seguinte:

  • Tempo de inicialização do Windows
  • Número de tarefas de inicialização classificadas como desnecessárias pelo banco de dados de ajuste da iolo Labs
  • Impacto da inicialização no uso da CPU
 

Tempo de inicialização do Windows e sua medição

O tempo de inicialização do Windows é o intervalo de tempo necessário para inicializar completamente um PC. O tempo de inicialização foi medido do momento em que o PC é ligado até a CPU atingir seu estado ocioso médio mínimo (quando o desvio médio em porcentagem de uso da CPU está estabilizado). A iolo Labs usou uma fórmula proprietária para capturar o momento em que esta percentagem de uso se estabilizou.

Resultados:

0 mês:
1:00 minuto
3 meses:
1:20 minutos
6 meses:
2:15 minutos
24 meses:
3:40 minutos
Figura

A Figura 1 ilustra o aumento no tempo de inicialização, de 1 minuto a 3 minutos e 40 segundos – um aumento de 267%

 

Tarefas de inicialização desnecessárias

As tarefas de inicialização são os programas e serviços que o Windows carrega quando o PC é ligado. As tarefas de inicialização desnecessárias são identificadas no banco de dados de ajuste da iolo Labs como programas abertos automaticamente que não são essenciais para o funcionamento normal do PC. A finalidade dessas tarefas “desnecessárias” é geralmente fornecer acesso rápido a programas que normalmente não são necessários na inicialização.

Resultados:

0 mês: 0 tarefas
3 meses: 4 tarefas
6 meses: 6 tarefas
24 meses: 12 tarefas

Como mostrado na Figura 2, após 24 meses, o número de tarefas de inicialização desnecessárias cresceu de 0 a 12.

 

Impacto das tarefas de inicialização desnecessárias no uso da CPU

O uso de CPU é o tempo que ela passou processando aplicativos de usuário e funções de alto nível do Windows. O impacto da inicialização no uso da CPU é medido pela percentagem de seu uso adicional causado por programas desnecessários que começam a ser carregados depois que o Windows está na memória, até o momento em que todos esses programas estejam carregados.

O uso de CPU é o tempo que ela passou processando aplicativos de usuário e funções de alto nível do Windows. O impacto da inicialização no uso da CPU é medido pela percentagem de seu uso adicional causado por programas desnecessários que começam a ser carregados depois que o Windows está na memória, até o momento em que todos esses programas estejam carregados.

Resultados:

0 mês: 0% de uso de CPU
3 meses: 4% de uso de CPU
6 meses: 47% de uso de CPU
24 meses: 89% de uso de CPU
A Figura 3 mostra a parte de uso de CPU consumida por tarefas de inicialização desnecessárias. Aos 24 meses, a maior parte ‐ 89% – do uso de CPU é devido ao impacto das tarefas desnecessárias.
 

Resumo

A queixa universal dos usuários de que os tempos de inicialização de um computador aumentam ao longo do tempo foi comprovada por essas descobertas. Durante um período de dois anos:

  • O tempo de inicialização do Windows pode mais do que triplicar, com aumento de 267 %
  • O número de tarefas de inicialização desnecessárias aumentou de zero a 12
  • O impacto das tarefas de inicialização desnecessárias aumentou acentuadamente, representando 89% do uso de CPU.

Ficou claro que a degradação progressiva da velocidade de PCs não é resultado da “idade”. Algo pode ser feito a esse respeito. Ao reduzir o número de tarefas de inicialização desnecessárias, pode-se diminuir o tempo de processamento de inicialização do Windows e o impacto sobre o uso da CPU pode ser reduzido significativamente.

iolo UptoSpeed

UpToSpeed™ é uma coletânea sempre atualizada de artigos da iolo escritos por especialistas em PC para usuários comuns de computador. Cada artigo vem com dicas fáceis e conselhos práticos sobre as últimas questões de informática para ajudá-lo a tirar o máximo proveito do seu computador.






Seu PC pode iniciar mais rápido?

Article SM new license (default offer) PT-BR

System Mechanic

Corrija e acelere
seu PC!

boxshot-sm
Preço normal
49.95 BRL
39.95 BRL
Economize
0.00 BRL
Economize
0%

Fique ligado

Fique afinado
Receba artigos úteis sobre otimização de PC como este diretamente em sua caixa postal.

Próximos Passos